inova.jor

inova.jor

Competição alemã procura startups brasileiras

O concurso alemão Code_n quer atrair startups do mundo todo / Divulgação
A competição Code_n16 oferece prêmio de 30 mil euros / Divulgação

O concurso CODE_n16, promovido pelo grupo alemão GFT, quer atrair startups brasileiras. A final será durante o Festival new.New, que acontece de 20 a 22 de setembro na cidade de Karlsruhe, na Alemanha.

Um júri especializado vai selecionar 50 finalistas, que vão apresentar suas soluções no festival. O vencedor receberá um prêmio de 30 mil euros.

Podem participar empresas que tenham sido fundadas a partir de 2011. As inscrições terminam em 31 de maio.

Durante os últimos quatro anos, participaram do concurso 1.500 empresas de 60 países. O Grupo GFT é uma consultoria de negócios e tecnologia.

Áreas de atuação

Com o tema “Revelando a ruptura digital”, o concurso CODE_n16 procura candidatos que atuem em alguma destas quatro áreas:

  • FinTechs aplicadas (serviços financeiros),
  • Mobilidade conectada (transportes),
  • HealthTech (saúde) e
  • Fotônica 4.0 (manufatura).

Além do prêmio, a GFT espera fazer, durante o evento, a ponte entre startups internacionais e empresas estabelecidas.

São parceiros do evento a Accenture, a HP Enterprise, a fabricante de máquinas Trumpf e o Ministério de Educação e Pesquisa da Alemanha.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Em parceria com a ACE, o programa do BTG Pactual busca startups mais maduras / Divulgação

BTG Pactual lança o programa de startups BoostLab

O BTG Pactual lançou hoje (5/2) o programa BoostLab, voltado para startups mais maduras, conhecidas como scale-ups. Em parceria com a aceleradora ACE, prevê parcerias e projetos-piloto com o banco, fornecedores e outros integrantes de seu ecossistema. As inscrições terminam em 15 de março. As statups terão mentoria dos sócios[…]

Leia mais »
Não é fácil encontrar o contato de mulheres que prestem serviços de reparos domésticos / royalty free/Creative Commons

Startup aposta em reparos domésticos feitos por mulheres

Tem aumentado a procura por mulheres que prestem serviços de reparos domésticos. Com medo de receber orçamentos inflados ou de sofrer assédio durante a visita de um profissional, o público feminino começa a dar preferência a prestadoras de serviços. Mas nem sempre é fácil encontrar o contato de mulheres disponíveis para realizar atividades[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami