inova.jor

inova.jor

Brasil é destaque mundial em pesquisa sobre cosméticos

A USP lidera a produção científica mundial sobre cosméticos / Juanedc/Creative Commons
A USP lidera a produção científica mundial sobre cosméticos / Juanedc/Creative Commons

A Thomson Reuters divulgou hoje (11/5) seu relatório State of Innovation 2016, e o Brasil foi destaque mundial na pesquisa científica relacionada a cosméticos.

A Universidade de São Paulo (USP) ficou em primeiro lugar e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) em oitavo no ranking de produção científica dessa área.

“Isso talvez não seja uma grande surpresa já que o Brasil também está entre os cinco países do mundo com maior número de cirurgias plásticas estéticas realizadas anualmente”, destacou o relatório.

Nas pesquisas sobre cosméticos, a USP ficou à frente da Food and Drug Administration (FDA), agência norte-americana responsável por alimentos e remédios; da Procter & Gamble; e da Universidade Harvard.
Instituições mais produtivas na pesquisa científica sobre cosméticos

Inovação no mundo

A sétima edição do estudo anual da Thomson Reuters analisou indicadores como depósitos de patentes e publicações científicas em 12 áreas.

O volume mundial de patentes cresceu 13,7% em 2015, enquanto o de novas pesquisas científicas caiu 19%. A queda na produção científica pode representar uma ameaça ao crescimento da inovação nos próximos anos.

Os setores que apresentaram maior crescimento no registro de patentes foram:

  • Dispositivos médicos (27%);
  • Eletrodomésticos (21%); 
  • Aeroespacial e defesa (15%); 
  • Petróleo e gás (14%); e 
  • Tecnologia da informação (13%).

A área de biotecnologia foi a única que caiu na produção de patentes, com retração de 2% sobre 2014.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

O Banco inter lançou recentemente o serviço de banco digital para pequenas e médias empresas / Renato Cruz/inova.jor

Banco Inter quer ser o primeiro banco brasileiro 100% na nuvem

O Banco Inter quer se tornar o primeiro banco brasileiro 100% na nuvem. Controlado pela família Menin, dona da incorporadora MRV, oferece contas digitais sem a cobrança de tarifa desde 2015. “Como banco de varejo, já nascemos digitais”, afirma João Vitor Menin, presidente do Banco Inter. “Nunca chegamos a ter[…]

Leia mais »
Chamada de Diili, a solução de internet das coisas da Embraco quer aumentar a eficiência dos refrigeradores / Divulgação

Como a Embraco quer tornar os refrigeradores mais inteligentes

A Embraco é conhecida por produzir compressores herméticos, o principal componente dos refrigeradores. Recentemente, a empresa anunciou o Diili, plataforma de internet das coisas que tem como objetivo trazer inteligência para esses equipamentos. “Com o Diili, a Embraco torna-se também uma empresa de serviço”, afirmou Daniel Moraes, gerente sênior de Novos[…]

Leia mais »

2 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami