inova.jor

inova.jor

MasterCard quer fechar parcerias com startups

Programa prevê relacionamento exclusivo com executivos e parceiros da MasterCard / Divulgação
Programa para empresas iniciantes prevê encontros com executivos e parceiros da MasterCard / Divulgação

O Start Path Global, programa da MasterCard para parcerias com startups, está com inscrições abertas para a turma de Inverno 2016. O programa global terá início em janeiro do próximo ano.

A empresa procura startups com soluções inovadoras para pagamentos, biometria, viagens, inteligência artificial, segurança, logística e vestíveis, entre outros.

O programa prevê duas semanas de imersão das startups com a equipe da MasterCard em diferentes cidades em que a multinacional possui escritórios.

A primeira semana de imersão deve acontecer em Dublim, na Irlanda.

Durante esse período, serão definidas metas específicas para cada startup, além de serem realizados encontros com especialistas e com parceiros da MasterCard.

A maior parte do programa acontece de forma virtual. As startups participantes têm acompanhamento e reuniões pela internet com mentores da multinacional durante seis meses.

Inscrições

Os interessados precisam se inscrever pelo site até o dia 11 de outubro. Doze startups serão selecionadas para participar do Pitch Day em Miami, nos dias 30 de novembro e 1 de dezembro.

Nesse período, entre cinco e sete empresas serão selecionadas para participar do projeto.

A MasterCard não disponibiliza aporte inicial para as empresas participantes e, por isso, não exige participação nas startups.

Segundo a multinacional, pelo menos 20% das 90 startups que já participaram nos últimos dois anos de programa receberam algum tipo de investimento ou participaram de projetos-pilotos.

Entre as empresas que estão no portfólio da Start Path, há dois representantes da América do Sul:

  • a argentina RecargaPay, que oferece serviços financeiros à pessoas sem conta bancária; e
  • a colombiana Cívico, que conecta pessoas e marcas em cada cidade.

Grandes empresas, como o Google e a Cetip, estão com inscrições abertas em seus programas de startups.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Os usuários já não esperam nem 6 segundos para que um aplicativo rode seu conteúdo / Susanne Nilsson/Creative Commons

Por que a agilidade se tornou um conceito fundamental

A economia compartilhada não é um conceito distante ou atado ao futuro. É uma realidade já em curso. Para as companhias, isso se traduz em grandes inovações e em uma forma de gerenciamento cada vez mais ágil. Todo empresário precisa ter um olho no que estão fazendo as startups e outro[…]

Leia mais »
Dirigentes da Saint-Gobain planejam visitar semanalmente as startups do Cubo / Divulgação

Domo Invest lança fundo de R$ 100 milhões para investir em startups

Rodrigo Borges e Guga Stocco, ex-executivos do Buscapé, criaram a Domo Invest. A gestora de recursos anunciou ontem (31/1) a criação um fundo de até R$ 100 milhões para investir em startups. O apresentação da Domo Invest foi feita durante evento da Bossa Nova Investimentos no Cubo Coworking Itaú. O objetivo é encontrar empresas promissoras[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami