inova.jor

inova.jor

Bancos de investimento podem cortar custos com blockchain

A tecnologia blockchain serve de base para a moeda criptográfica bitcoin / Stig Morten Waage/Creative Commons
A tecnologia blockchain serve de base para a moeda criptográfica bitcoin / Stig Morten Waage/Creative Commons

O blockchain, tecnologia que suporta a moeda virtual bitcoin, pode reduzir os gastos com infraestrutura dos bancos de investimentos em até 30%, segundo as consultorias Accenture e McLagan.

O relatório Banking on blockchain: a value analysis for investment banks baseia-se nos modelos operacionais e dados de custos reais de oito dos dez maiores bancos de investimento do mundo.

A previsão é que, ao adotar a tecnologia, esses bancos reduzam seus custos anuais em US$ 8 bilhões, de um total de US$ 30 bilhões, segundo o relatório.

O blockchain é um sistema distribuído de registros de transações, que dispensa câmaras de compensação e garante a identidade das partes.

No caso dos bancos, a tecnologia melhoraria a gestão das informações dos clientes, traria maior transparência às operações, combateria erros e fraudes e reduziria custos com auditoria e reconciliação.

 

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Produtores fazem análise de informações em tempo real com software de business intelligence / Kessy Silva/Creative Commons

Agronegócio mantém crescimento com tecnologia

No ano passado, quando o Produto Interno Bruto brasileiro caiu 3,8%, o único setor econômico a apresentar crescimento foi a agropecuária, que avançou 1,8%. Para ser competitivo no mercado internacional, o agronegócio faz uso intensivo de tecnologia. A tecnologia aplicada às commodities agrícolas vai de sementes geneticamente modificadas a internet das coisas para[…]

Leia mais »
O Centro de Operações Tigre, na Argentina, monitora quase mil câmeras, 24 horas por dia / Divulgação

Como a inteligência artificial torna as cidades mais seguras

Com a proliferação de câmeras em lugares públicos, surge a necessidade de tecnologias baseadas em inteligência artificial que gerem alarmes automatizados para a detecção de pessoas suspeitas e comportamentos incomuns. Ao lado do reconhecimento facial, tecnologias como aprendizado de máquina e detecção de comportamento tornam as cidades mais seguras. “As[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami