inova.jor

inova.jor

Samsung investe na marca depois dos problemas com o Note 7

Note 7: Antonio Quintas, diretor sênior de Mobile da Samsung, apresenta os novos modelos A5 e A7 / Mariana Lima/inova.jor
Antonio Quintas, diretor da Samsung, apresenta os novos modelos Galaxy A5 e A7 / Mariana Lima/inova.jor

A Samsung vai investir pesado em marketing neste ano para reforçar sua marca no Brasil.

A decisão foi tomada depois dos problemas enfrentados em 2016 pelo Galaxy Note 7, um de seus aparelhos de topo de linha, que foi retirado do mercado mundial depois de dezenas de celulares pegarem fogo.

“O Brasil é um mercado muito importante para a Samsung e por isso temos um plano agressivo de mostrar para o consumidor que os novos lançamentos e a inovação da marca são seguros”, disse Loredana Mariotto, diretora de marketing da Samsung Brasil.

Sem abrir números, Mariotto disse que o investimento da marca no País será tão agressivo quanto no ano passado. Grande anunciante no Brasil, a empresa foi, em 2016, uma das patrocinadoras dos Jogos Olímpicos.

O investimento faz parte de uma estratégia internacional. A empresa tenta demonstrar, por meio de novos produtos e marketing, que o problema do Note 7 não se repetirá.

“É importante ficar claro que o problema da bateria aconteceu só com esse modelo. Mudamos o processo de desenvolvimento de baterias novas, e os processos de fabricação e o controle da qualidade das baterias atuais também foram alterados. Todos produtos, durante o processo de fabricação, já estão usando o novo sistema”, disse André Varga, diretor de Produtos Mobile da Samsung Brasil.

Relatório final

No começo da semana, a Samsung divulgou o relatório final de análise do Galaxy Note 7. Segundo a empresa, ficaram constatados dois problemas em baterias fornecidas por terceiros.

A bateria de um fabricante mostrou “danos nos enrolamentos de eletrodos negativos no canto da célula da bateria, mais próximo do pólo negativo”.

Assim, ao entortar no bolso de uma calça, por exemplo, a bateria gerava um curto-circuito.

A bateria do outro fabricante apresentava uma falha de soldagem, que também levava ao superaquecimento e explosão.

Ainda conforme o relatório, não foram encontrados outros problemas em hardware e software do modelo. O Galaxy Note 7 não chegou a ser vendido no Brasil.

A empresa anunciou uma série de medidas para que o problema não volte a acontecer.

Pagamentos e novos aparelhos

A empresa apresentou hoje (27/01) os novos aparelhos da linha Galaxy A e reforçou a promoção do meio de pagamento eletrônico Samsung Pay.

A partir da próxima semana, estarão à venda os aparelhos Samsung A5 (R$ 2.099) e Samsung A7 (R$ 2.299), ambos voltados para o público jovem.

A promoção de lançamento prevê, para os 5 mil primeiros cadastros no site, um fone de ouvido sem fio gratuito e R$ 100 de crédito no Samsung Pay.

Segundo Varga, 96% das lojas no Brasil já aceitam o sistema eletrônico de pagamentos.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Em setembro, evento vai reunir profissionais de tecnologia, inovação e economia criativa em Santa Rita do Sapucaí / Divulgação

Santa Rita do Sapucaí sedia o Hack Town

Entre os dias 7 e 10 de setembro, será realizada a terceira edição do Hack Town, em Santa Rita do Sapucaí (MG). O evento vai reunir profissionais de áreas como tecnologia, inovação e economia criativa. Com mais de 200 palestras e workshops, o evento teve com inspiração o festival South[…]

Leia mais »
André Borges afirma que o MCTIC está comprometido com o fundo garantidor para provedores regionais / Herivelto Batista/ASCOM-MCTIC

MCTIC: ‘Estamos comprometidos com fundo garantidor’

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) está comprometido com o fundo garantidor para os provedores regionais de internet, segundo André Borges, secretário de Telecomunicações do MCTIC. Ontem (2/11), o inova.jor publicou um artigo assinado por Erich Rodrigues, presidente da Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint),[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami