inova.jor

inova.jor

Solução de nuvem pode reduzir custo de TI em 25%

Grandes empresas devem migrar para nuvem mesmo com infraestrutura própria / Chirstopher Bowns / Creative Commons
Grandes empresas devem migrar para nuvem mesmo com infraestrutura própria / Chirstopher Bowns/Creative Commons

As empresas de grande porte podem economizar, ao longo de cinco anos, ao menos 25% no total dos custos em tecnologia da informação (TI) se adotarem uma nuvem privada a partir de infraestrutura existente.

O valor foi calculado pela Nokia e tem como base o modelo de custo total de propriedade (TCO, na sigla em inglês).

O ponto de equilíbrio de rentabilidade da migração para uma rede híbrida é previsto para acontecer em até três anos após o início do investimento.

A análise se aplica a nuvens privadas baseadas em OpenStack (plataforma de software para nuvem de código aberto), associadas a tecnologia SDN (sigla em inglês de redes definidas por software) e montadas com componentes de diversos fornecedores.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Depois dos 12 anos, o interesse dos jovens pelos tablets diminui consideravelmente / Steve Paine/Creative Commons

Como o tablet acabou virando coisa de criança

O lançamento do iPad, em 2010, foi acompanhado com um misto de desconfiança e euforia. Enquanto alguns se perguntavam para que as pessoas usariam um tablet, outros achavam que ele tinha potencial para resolver problemas de vários setores da economia (inclusive do jornalismo). A realidade acabou ficando entre esses dois[…]

Leia mais »
A Gazeta do Povo vai deixar de publicar o jornal impresso diário em 1º de junho / Daniel Castellano/Divulgação

Por que a Gazeta do Povo decidiu trocar o papel pelo digital

Imagine uma publicação feita digitalmente. As pessoas usam computadores e câmeras digitais para produzir fotos e textos e software para diagramá-la. Depois de pronta, ela roda numa gráfica para ser distribuída de caminhão. Faz sentido? Se fosse para inventar um produto assim hoje, nenhum. Mas, por questões históricas, às vezes ainda faz. A Gazeta do[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami