inova.jor

inova.jor

Brasil e União Europeia vão investir R$ 52 milhões em projetos de tecnologia

Brasil e União Europeia buscam projetos inovadores de tecnologia da informação / Leonardo Rizzi/Creative Commons
Brasil e União Europeia buscam projetos inovadores de tecnologia da informação / Leonardo Rizzi/Creative Commons

Brasil e União Europeia vão investir € 16 milhões (R$ 52 milhões) em projetos de tecnologia da informação e comunicação nas áreas de internet das coisas, computação em nuvem e redes de quinta geração (5G).

A 4ª Chamada Coordenada Brasil-União Europeia em Tecnologias da Informação e Comunicação foi lançada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP).

Consórcios formados por universidades, institutos de pesquisa e empresas nacionais e europeias podem apresentar propostas até 14 de março.

As chamadas começaram em 2010 e já somaram investimentos de R$ 81 milhões.

Entre os projetos já apoiados estão biossensores para detecção de doenças tropicais, uma plataforma para compartilhamento de dados de biodiversidade e sensores usados na linha de produção de indústrias automobilísticas.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

A carga tributária que incide sobre o setor de telecomunicações no Brasil está entre as maiores do mundo / dtmarch/Creative Commons

Tributos e regras de infraestrutura reduzem investimento

A carga tributária que incide sobre as telecomunicações no Brasil é uma das maiores do mundo. Mesmo após a aprovação da chamada Lei das Antenas, ainda é difícil conseguir autorização para instalar infraestrutura em muitos municípios. Os tributos que incidem sobre o setor e as regras de instalação de infraestrutura[…]

Leia mais »
Série de documentários mostra como grupos privados se preparam para viagem à Lua / Reprodução

Moon Shot: J.J. Abrams produz documentário sobre corrida à Lua

Em 2007, o Google lançou um desafio para empresas privadas, oferecendo US$ 30 milhões para quem conseguir mandar uma sonda à Lua, percorrer 500 metros na superfície do satélite natural e transmitir fotos e vídeos em alta definição de volta para a Terra. O prazo do Google Lunar XPrize (GLXP) termina no ano[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami