inova.jor

inova.jor

Brasil e União Europeia vão investir R$ 52 milhões em projetos de tecnologia

Brasil e União Europeia buscam projetos inovadores de tecnologia da informação / Leonardo Rizzi/Creative Commons
Brasil e União Europeia buscam projetos inovadores de tecnologia da informação / Leonardo Rizzi/Creative Commons

Brasil e União Europeia vão investir € 16 milhões (R$ 52 milhões) em projetos de tecnologia da informação e comunicação nas áreas de internet das coisas, computação em nuvem e redes de quinta geração (5G).

A 4ª Chamada Coordenada Brasil-União Europeia em Tecnologias da Informação e Comunicação foi lançada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP).

Consórcios formados por universidades, institutos de pesquisa e empresas nacionais e europeias podem apresentar propostas até 14 de março.

As chamadas começaram em 2010 e já somaram investimentos de R$ 81 milhões.

Entre os projetos já apoiados estão biossensores para detecção de doenças tropicais, uma plataforma para compartilhamento de dados de biodiversidade e sensores usados na linha de produção de indústrias automobilísticas.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

A União Europeia anunciou uma iniciativa para levar banda larga para todas as pessoas e empresas / Groman123/Creative Commons

Setor precisa de novas políticas públicas

Quando a Lei Geral de Telecomunicações (LGT) foi criada, os definidores do marco regulatório estudaram modelos adotados para as telecomunicações em várias partes do mundo. Políticas públicas internacionais de sucesso costumam permear as discussões sobre melhorias no mercado nacional. Numa época de mudanças estruturais e de revisão do modelo regulatório[…]

Leia mais »
Mollenkopf, da Qualcomm, comparou o lançamento da 5G à chegada da eletricidade / Renato Cruz/inova.jor

CES 2017: O que muda com a chegada da 5G

LAS VEGAS A quinta geração das comunicações móveis (5G) deve apoiar a criação de até 22 milhões de empregos em todo mundo até 2035, segundo Steve Mollenkopf, presidente mundial da Qualcomm. “O lançamento da 5G terá um impacto similar à introdução da eletricidade ou do automóvel”, afirmou Mollenkopf na sexta-feira (6/1),[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami