inova.jor

inova.jor

Computação em nuvem acelera processo de transformação digital no Brasil

Transformação digital: As soluções de computação em nuvem cresceram rapidamente na América Latina / Damien Pollet/Creative Commons
As soluções de computação em nuvem cresceram rapidamente na América Latina / Damien Pollet/Creative Commons

O aspecto cultural ajudou o Brasil a acelerar a adoção de meios digitais, também conhecida como transformação digital.

Matthew Gharegozlou, vice-presidente de vendas nas Américas para a Progress, acredita que o País está em pé de igualdade com os grandes polos internacionais.

Isso porque a necessidade de aumentar produtividade e gastar menos recursos obrigou empresas de todos os portes a buscar soluções de tecnologia.

“De uma forma surpreendentemente rápida, a computação em nuvem se tornou o ambiente natural na América Latina”, diz Gharegozlou. “Quase todos os analistas previam que a nuvem teria adesão mais rápida das grandes corporações, mas o que ocorreu na região foi o oposto.”

O executivo se refere a pequenas e médias empresas que viram na computação em nuvem uma forma de rápida e segura de aumentar capacidade com pouquíssimo investimento em infraestrutura.

Terceirização

A terceirização de serviços de tecnologia estratégicos também tem ajudado as empresas a se tornarem cada vez mais digitais.

“É preciso avaliar as condições de cada empresa e estudar o cenário de negócio em que ela está inserida para desenvolver o roteiro da transformação digital. Seja como for, há consenso de que a transformação digital é urgente e as empresas têm pouco tempo para introduzi-la em seus projetos.”

A internet das coisas (IoT, na sigla em inglês) deve se tornar realidade mundialmente a partir de 2020, mas já é tema recorrente para empresas que não querem ficar para trás.

Outra tecnologia que começa a atrair a atenção do mercado brasileiro é a inteligência artificial.

“Acreditamos nos bots, essa nova manifestação da robótica que começa a revolucionar o atendimento ao público e irá crescer aqui também, assim como na internet das coisas”, completa.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

O setor de tecnologia da informação só perde para o financeiro na ocupação de escritórios em São Paulo / Renato Cruz/inova.jor

Setor de tecnologia é o segundo na ocupação de escritórios

As empresas de tecnologia da informação estão em segundo lugar na ocupação de escritórios em São Paulo, segundo pesquisa da SiiLA Brasil. No fim do segundo trimestre, eram 309,8 mil metros quadrados ocupados, o que corresponde a 7% dos espaços monitorados pela plataforma de dados do mercado de imóveis comerciais[…]

Leia mais »
Nova Iorque em 2050, segundo a atual previsão da Earth 2050 / Reprodução

Earth 2050: Projeto multimídia simula como será o mundo em 30 anos

Há anos os filmes de ficção científica, futurólogos e empresas de tecnologia tentam imaginar como será o mundo nos próximos 30 anos. Ontem (1/3), a Kaspersky Lab anunciou o Earth 2050, um projeto multimídia interativo com previsões feitas pelos cientistas da empresa, futurólogos e pessoas comuns. O programa especula, com[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami