inova.jor

inova.jor

Embrapii anuncia pacote de inovação de R$ 100 milhões

O Cimatec é um dos Institutos Senai de Inovação credenciados pela Embrapii / MCTIC/Creative Commons
O Cimatec é um dos Institutos Senai de Inovação credenciados pela Embrapii / MCTIC / Creative Commons

A Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) irá investir R$ 100 milhões em recursos em inovação por meio de parcerias e chamadas públicas.

A primeira chamada pública será destinada a três Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs), ligados ao Ministério da Educação.

Eles passarão a ser Polos Embrapii IF e o financiamento será de até R$ 3 milhões por polo credenciado.

Os Institutos Senai de Inovação (ISIs) serão os beneficiados da segunda chamada pública. Para eles serão destinados até R$ 15 milhões em recursos por ISI credenciado.

Além das chamadas públicas, a estatal vai oferecer 200 bolsas (entre Capes e CNPq) para profissionais com experiência em desenvolvimento de projetos tecnológicos e de inovação para trabalhar nos Polos.

Os valores das bolsas variam entre R$ 4 mil e R$ 7 mil.

Micro e pequenas empresas

A Embrapii também fechou uma parceria de R$ 20 milhões com o Sebrae, para o desenvolvimento de projetos de pesquisa e inovação para microempreendedores individuais (MEI) e micro e pequenas empresas.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Depois dos 12 anos, o interesse dos jovens pelos tablets diminui consideravelmente / Steve Paine/Creative Commons

Como o tablet acabou virando coisa de criança

O lançamento do iPad, em 2010, foi acompanhado com um misto de desconfiança e euforia. Enquanto alguns se perguntavam para que as pessoas usariam um tablet, outros achavam que ele tinha potencial para resolver problemas de vários setores da economia (inclusive do jornalismo). A realidade acabou ficando entre esses dois[…]

Leia mais »

Procuram-se empresas para desenvolver cidades inteligentes

PORTO ALEGRE O mercado de cidades inteligentes (smart cities) e internet das coisas (IoT, na sigla em inglês) no Brasil é pouco aproveitado pelas empresas brasileiras. Segundo Fabiano Hessel, coordenador do Centro de Inovação para Cidades Inteligentes e IoT e professor da PUC do Rio Grande do Sul (PUCRS), o valor[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami