inova.jor

inova.jor

Brasil perde 15,1 milhões de linhas móveis em 12 meses

O total de linhas móveis com tecnologia 4G cresceu 120% em 12 meses / Tony Alter/Creative Commons
O total de linhas móveis com tecnologia 4G cresceu 120% em 12 meses / Tony Alter/Creative Commons

O Brasil perdeu 15,1 milhões de linhas móveis no período de 12 meses encerrado em fevereiro, chegando a 242,9 milhões de linhas, segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Dentre os quatro maiores grupos, apenas a Vivo apresentou um crescimento, com 654,2 mil novas linhas. TIM, Claro e Oi registraram quedas de 5,2 milhões, 5,2 milhões e 5,8 milhões, respectivamente.

A operadora virtual Datora ganhou 57,9 mil linhas e a Porto Seguro conquistou 118,3 mil.

Tecnologia

Em 12 meses, a quarta geração das comunicações móveis (4G) avançou 120%, o que corresponde a 36,3 milhões de linhas adicionais.

Os acessos de dados voltados à comunicação máquina a máquina (M2M) também cresceram, com 1,6 milhão de novas linhas.

As demais tecnologias de telefonia móvel tiveram redução, segundo a Anatel.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Usuários de celular esperam ser atendidos por inteligência artificial no futuro / Héctor García/Creative Commons

O que os consumidores esperam do celular do futuro

Apesar de muita gente dizer que o smartphone já morreu, os consumidores têm expectativas sobre como o celular vai evoluir nos próximos anos. Uma pesquisa da Gemalto ouviu quase 2 mil pessoas em seis países, incluindo o Brasil, e mostrou que a duração da bateria e a capacidade de armazenamento de[…]

Leia mais »
Em janeiro, 105,40 mil pessoas deixaram de ser assinantes de TV paga no Brasil / D. Reichardt / Creative Commons

TV paga perde 105 mil assinantes em janeiro

No mês passado, 105,4 mil pessoas deixaram de ser assinantes de TV paga no Brasil. Os dados são da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Conforme a Anatel, apenas a Oi e a Cabo apresentaram crescimento no número de assinantes no começo do ano. Todos os demais grupos apresentaram baixas e cancelamentos. No[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami