inova.jor

inova.jor

Crowd Vale da Eletrônica lança segunda chamada de startups

O Crowd Vale da Eletrônica fica no Inatel, em Santa Rita do Sapucaí / Divulgação
O Crowd Vale da Eletrônica fica no Inatel, em Santa Rita do Sapucaí, no sul de Minas Gerais / Divulgação

O Crowd Vale da Eletrônica abriu as inscrições de seu segundo processo seletivo para startups. O prazo termina em 9 de junho.

Sediada em Santa Rita do Sapucaí (MG), a iniciativa é uma parceria entre Telefónica Open Future, Inatel e Ericsson.

Pré-aceleração

Serão selecionadas até 20 startups para um período de pré-aceleração de dez meses.

O programa busca projetos em áreas como:

  • internet das coisas (IoT),
  • soluções digitais em telecomunicações,
  • fintech (serviços financeiros),
  • agtech (agricultura),
  • software como serviço (SaaS),
  • big data,
  • aprendizado de máquina,
  • inteligência artificial,
  • end to end (E2E),
  • edtech (educação),
  • segurança,
  • vídeo,
  • media,
  • mobile (aplicativos para celular) e
  • games.

Além das suas instalações, o Crowd oferece suporte técnico e mentores. Numa segunda etapa, a startup pode receber investimento por meio do Wayra, aceleradora de startups da Telefônica.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

A WeWork planeja ter seis unidades no Brasil até o final deste ano / Renato Cruz/inova.jor

Mercado de coworking atrai investimento internacional

Grandes empresas internacionais de coworking (espaços compartilhados de trabalho) decidiram investir no Brasil. A norte-americana WeWork inaugurou recentemente um espaço  na Avenida Paulista e a europeia Spaces em Pinheiros, ambos em São Paulo. As duas têm planos de expansão de curto prazo no Brasil. “Esperamos estar com 100% de ocupação em[…]

Leia mais »
Mercado brasileiro de TIC deve aumentar 2,2% neste ano / Renato Cruz/inova.jor

Internet das coisas deve movimentar US$ 8 bi no Brasil

O mercado de internet das coisas (IoT, na sigla em inglês) deve movimentar US$ 8 bilhões no Brasil neste ano, segundo a IDC. A consultoria espera que os principais setores a investir na tecnologia sejam aqueles elencados no Plano Nacional de IoT, divulgado pelo governo: saúde, indústria, agricultura e infraestrutura[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami