inova.jor

inova.jor

Google leva quatro startups brasileiras para o Vale do Silício

O Google já selecionou 24 startups brasileiras para seu programa de aceleração em São Francisco / Divulgação
O Google já selecionou 24 startups brasileiras para seu programa de aceleração em São Francisco / Divulgação

Quatro startups brasileiras foram selecionadas para participar da quarta edição do Launchpad Accelerator.

Com início em 17 de julho, o programa de aceleração de seis meses inclui duas semanas no espaço do Google para startups em São Francisco.

Foram escolhidas 33 empresas da América Latina, Ásia, África e Europa. As brasileiras são:

  • Arquivei: plataforma de armazenamento, organização e consulta de informações de notas fiscais.
  • Contabilizei: plataforma de contabilidade para micro e pequenas empresários dos setores de serviços e comércio.
  • Contratado.ME: é um marketplace voltado para candidatos que buscam um emprego.
  • Guichê Virtual: plataforma independente de venda de passagens de ônibus online.

Mentoria e apoio financeiro

O programa prevê mentoria de engenheiros e gerentes de produto do Google e de executivos de grandes empresas e venture capital do Vale do Silício.

Cada startup recebe US$ 50 mil de apoio sem contrapartida do Google e US$ 100 mil em crédito para a compra de produtos da companhia.

O Launchpad Accelerator já apoiou 24 startups brasileiras, incluindo sua edição atual.

 

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

A Algar Telecom criou um espaço aberto ao ecossistema de inovação / Renato Cruz/inova.jor

Algar Ventures divulga lista de selecionados para programa de aceleração

A Algar Ventures divulgou a lista das empresas selecionadas para o programa de aceleração, realizado em parceria com a Endeavor. Todas as 15 escolhidas são empresas de alto crescimento (scale-ups). Os escolhidos foram selecionados como base nos critérios de oportunidade de mercado, diferencial competitivo, inovação no modelo de negócios, track[…]

Leia mais »
O MindSphere, da Siemens, permite analisar em tempo real dados gerados por máquinas / Renato Cruz/inova.jor

Siemens procura desenvolvedores de aplicativos para a indústria

HANNOVER Na chamada Indústria 4.0, as máquinas são conectadas e geram informações a partir de sensores. O software que controla o chão de fábrica está ligado ao sistema de gestão empresarial. É possível receber eletronicamente os pedidos dos clientes e fabricar produtos personalizados sem paradas da linha de produção para reconfigurá-la.[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami