inova.jor

inova.jor

Google leva quatro startups brasileiras para o Vale do Silício

O Google já selecionou 24 startups brasileiras para seu programa de aceleração em São Francisco / Divulgação
O Google já selecionou 24 startups brasileiras para seu programa de aceleração em São Francisco / Divulgação

Quatro startups brasileiras foram selecionadas para participar da quarta edição do Launchpad Accelerator.

Com início em 17 de julho, o programa de aceleração de seis meses inclui duas semanas no espaço do Google para startups em São Francisco.

Foram escolhidas 33 empresas da América Latina, Ásia, África e Europa. As brasileiras são:

  • Arquivei: plataforma de armazenamento, organização e consulta de informações de notas fiscais.
  • Contabilizei: plataforma de contabilidade para micro e pequenas empresários dos setores de serviços e comércio.
  • Contratado.ME: é um marketplace voltado para candidatos que buscam um emprego.
  • Guichê Virtual: plataforma independente de venda de passagens de ônibus online.

Mentoria e apoio financeiro

O programa prevê mentoria de engenheiros e gerentes de produto do Google e de executivos de grandes empresas e venture capital do Vale do Silício.

Cada startup recebe US$ 50 mil de apoio sem contrapartida do Google e US$ 100 mil em crédito para a compra de produtos da companhia.

O Launchpad Accelerator já apoiou 24 startups brasileiras, incluindo sua edição atual.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

O programa da Oracle ocupa espaço no coworking CO.W / Renato Cruz/inova.jor

Programa de aceleração da Oracle abre inscrições

A Oracle abriu as inscrições para a segunda turma do seu programa Startup Cloud Accelerator. Presente em oito cidades ao redor do mundo, a primeira turma contou com 40 startups, sendo seis em São Paulo. Mais uma vez, serão escolhidas seis startups no Brasil. Os selecionados vão receber: orientação de[…]

Leia mais »
Bancos já se tornaram empresas de tecnologia que oferecem serviços financeiros / Jennifer Morrow/Creative Commons

Com o avanço das fintechs, bancos travam corrida pelo futuro

“Aqui temos de correr tão rápido quanto possível só para ficarmos parados. Se você quiser ir a qualquer lugar, deve correr duas vezes mais rápido que isso.” A frase dita pelo Coelho Branco no clássico Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll, não poderia definir melhor a situação dos[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami