inova.jor

inova.jor

Brasil sedia Batalha Global de Inteligência Artificial de Startups

Batalha: Apresentações das startups serão avaliadas por uma máquina, sem intervenção humana / Divulgação
Apresentações das startups serão avaliadas por uma máquina, sem intervenção humana / Divulgação

A Wayra Brasil, em São Paulo, vai sediar em 21 de junho a 5ª Edição da Batalha de Inteligência Artificial de Startups.

Promovida pelo PreSeries, joint venture do Telefônica Open Future e do BigML, a competição será realizada durante o evento PAPIs Connect 2017.

As inscrições podem ser feitas até 11 de junho e a batalha será em inglês.

Em dezembro do ano passado, o Brasil sediou a competição pela primeira vez, com cerca de 150 participantes.

O PreSeries é uma ferramenta de aprendizado de máquina que auxilia investidores a identificar startups com alto potencial de crescimento.

Avaliação por máquina

A competição está marcada para a tarde de 21 de junho. A avaliação das startups será feita por uma máquina, que dará nota para cada apresentação sem envolvimento humano.

A startup vencedora será considerada para ingressar na Wayra Brasil, veículo de investimento e aceleração do Telefônica Open Future.

 

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Programa seleciona startups de energias renováveis e nanotecnologia

Termina hoje (20/1) o prazo para inscrição de startups no Mining Lab. O programa de apoio ao empreendedorismo da Votorantim Metais busca soluções de energias renováveis e nanotecnologia aplicáveis a mineração Ao todo, 10 startups serão selecionadas. Os projetos aprovados para a fase de imersão na Votorantim serão divulgados no próximo dia 27.[…]

Leia mais »
Telefonia móvel acabou se tornando responsável pela universalização das telecomunicações / Geraldo Magela/Agência Senado

Expansão do setor melhora a competitividade

As telecomunicações são ferramentas essenciais para a inovação em todos os setores da economia, e as empresas brasileiras encontram-se num momento em que precisam aumentar sua capacidade de competir no cenário mundial. Na edição mais recente do Relatório de Competitividade Global, do Fórum Econômico Mundial, o Brasil caiu seis posições e[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami