inova.jor

inova.jor

Elevador da ThyssenKrupp também vai para os lados

Primeiro uso comercial do Multi, elevador sem cabos da Thyssenkrupp, será em Berlim / Divulgação
Primeiro uso comercial do Multi, elevador sem cabos da Thyssenkrupp, será em Berlim / Divulgação

A Thyssenkrupp inaugurou, na semana passada, um sistema de elevador sem cabos, que também se move para os lados.

Chamado de Multi, foi instalado numa torre de 246 metros em Rottweil, no centro de pesquisa e desenvolvimento da empresa na Alemanha.

No lugar de uma única cabina, que se move de cima para baixo, o Multi opera com várias cabinas em circulação, como num sistema de metrô.

A Thyssenkrupp também anunciou acordo com a OVG Real Estate para instalar o Multi no edifício East Side Tower, em Berlim, na Alemanha.

Mais espaço

Segundo a fabricante, o Multi pode aumentar em 50% a capacidade e reduzir a demanda máxima de energia em 60%, quando comparado aos sistemas convencionais.

A tecnologia também ocupa menos espaço que os elevadores tradicionais, podendo aumentar a área útil dos edifícios em 25%. Dependendo da altura do prédio, elevadores e escadas rolantes podem ocupar 40% do espaço disponível.

Ao se mover para os lados e não ter limite de altura, o Multi abre novas possibilidades de projetos de edifícios.

No filme A Fantástica Fábrica de Chocolate, o chocolateiro Willy Wonka tem um elevador capaz de se mover para qualquer lado, e até sair voando.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Apesar da melhora no ranking do GII, Brasil ficou atrás de outros países latino-americanos / Renato Cruz/inova.jor

Como o ambiente de negócios prejudica a inovação no Brasil

O Brasil melhorou sua posição no Índice Global de Inovação (GII, na sigla em inglês), passando do 69º para 64º lugar entre 126 países. O ranking de 2018 foi divulgado hoje (10/7) em Nova York pela Universidade Cornell, Insead e Organização Mundial da Propriedade Intelectual (Ompi). Apesar da melhora, a[…]

Leia mais »
Evento no iFHC debateu regulamentação do Uber

Será que o problema dos taxistas é mesmo o Uber?

A legislação que trata do serviço de táxi na cidade de São Paulo é antiga, de 1969. Por causa disso, os taxistas têm de obedecer a regras que não fazem mais sentido. Daí vem grande parte dos problemas na competição com os motoristas que trabalham com um aplicativo como o[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami