inova.jor

inova.jor

Incubadora da Oi abre processo de seleção de startups

O Oito conta com incubadora, coworking, laboratório de IoT e espaço de eventos / Divulgação
O Oito conta com incubadora, coworking, laboratório de IoT e espaço de eventos / Divulgação

A Oi inaugurou hoje (24/8), no Rio de Janeiro, o Oito, seu espaço de empreendedorismo e inovação. A operadora também deu início à seleção de startups para um programa de incubação.

As inscrições vão até 15 de outubro.

Terão preferência empresas iniciantes com projetos nas seguintes áreas:

  • internet das coisas
  • cidades inteligentes
  • serviços de saúde
  • serviços de educação
  • publicidade digital
  • soluções de eficiência e produtividade

Cada startup pode receber aporte de até R$ 150 mil.

O programa de incubação do Oito foi desenvolvido em parceria com o Gênesis, instituto de empreendedorismo da Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio.

O empreendedor carioca Rafael Duton, sócio e fundador da aceleradora 21212 será consultor do programa.

O processo seletivo terá um período de pré-incubação de 30 dias, com 18 startups escolhidas por executivos da Oi e de parceiros.

Desse grupo inicial, serão selecionadas seis, que passarão por um processo de incubação de 12 meses.

Coworking e laboratório

Além das empresas incubadas, o Oito conta com um espaço de coworking, um laboratório de internet das coisas em parceria com a Nokia e um auditório para eventos.

A Oi anunciou, no ano passado, um processo de recuperação judicial. A operadora ainda não fechou acordo com os credores.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Na Garagem da IBM são criados MVPs para testar soluções para grandes empresas / Mariana Lima / inova.jor

IBM cria garagem para agilizar inovação em empresas brasileiras

A IBM Brasil lançou ontem (15/2) a Garagem 1157, um espaço destinado a empresas brasileiras que queiram desenvolver e testar soluções de internet das coisas, blockchain e computação cognitiva. O projeto, que já existe em cidades como São Francisco, Nova York, Tóquio e Toronto, é baseado na metodologia de Garagem Bluemix, desenvolvido pela IBM com[…]

Leia mais »
Alunos utilizam o kit de eletrônica Rute / Reprodução

Como os brinquedos inteligentes podem transformar a educação

Ciência e raciocínio lógico podem ser ensinados com brinquedos inteligentes. Esse tipo de conhecimento é cada vez mais demandado pelo mercado de trabalho, com o crescimento da automação e do uso da tecnologia nas empresas. Entretanto, levar para as escolas a cultura maker, do faça você mesmo, ainda custa caro. O estudo Brinquedos inteligentes: hardware, apps[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami