inova.jor

inova.jor

Wayra, da Telefônica, abre inscrições para startups

Em cinco anos de atuação do Brasil, a Wayra já investiu R$ 10 milhões em 64 startups / Divulgação
Em cinco anos de atuação do Brasil, a Wayra já investiu R$ 10 milhões em 64 startups / Divulgação

A Wayra, aceleradora do Grupo Telefônica, está com inscrições abertas até 4 de dezembro.

As startups escolhidas vão receber investimento de pelo menos US$ 50 mil e mais US$ 50 mil em serviços, como infraestrutura, mentorias, treinamentos e consultorias.

Em troca, a Wayra torna-se acionista minoritária das companhias.

Entre as áreas de interesse estão:

  • computação em nuvem,
  • segurança,
  • internet das coisas,
  • big data,
  • inteligência artificial,
  • aprendizado de máquina,
  • blockchain,
  • wi-fi inteligente,
  • fintech,
  • lawtech,
  • agtech,
  • end to end (E2E),
  • mobilidade, e
  • jogos.

Investimentos

O programa de aceleração vai começar no início de 2018. Com cinco anos de atuação no Brasil, a Wayra já apoiou 64 startups e investiu R$ 10 milhões.

Mais de R$ 100 milhões foram investidos por fundos e outros investidores nas empresas da aceleradora.

A Wayra faz parte do Telefónica Open Future, programa de inovação aberta e apoio ao empreendedorismo do grupo espanhol. A iniciativa conta com uma rede de mais de 700 startups investidas em 17 países.

A Telefônica é dona da Vivo.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

O mercado de aceleradoras é considerado consolidado e primordial para as startups brasileiras /Steven Zwerink/ Flickr / Creative Commons

Circuito Fora busca startups em cidades brasileiras pequenas e médias

Estruturas de apoio para startups têm um papel cada vez mais fundamental. Segundo pesquisa de 2016 da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), em parceria com o Sebrae, o Brasil possui cerca de 369 incubadoras de empresas, 90 parques tecnológicos e 35 aceleradoras de negócios. O estudo também apontou[…]

Leia mais »
Sediada em Uberlândia, a Alluagro é uma plataforma para aluguel de máquinas agrícolas / Gabriel Jabur/Agência Brasília

Agtechs ganham força no Triângulo Mineiro

UBERLÂNDIA A ideia do Pesa Fácil veio da própria experiência de seu fundador, Eduardo Mamede, que é pecuarista em Canápolis (MG). “Minha família tem mais de 100 anos de agronegócio”, afirma o empreendedor. Com técnicas de visão computacional e inteligência artificial, o aplicativo consegue estimar o peso de um animal a partir[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami