inova.jor

inova.jor

Wayra, da Telefônica, abre inscrições para startups

Em cinco anos de atuação do Brasil, a Wayra já investiu R$ 10 milhões em 64 startups / Divulgação
Em cinco anos de atuação do Brasil, a Wayra já investiu R$ 10 milhões em 64 startups / Divulgação

A Wayra, aceleradora do Grupo Telefônica, está com inscrições abertas até 4 de dezembro.

As startups escolhidas vão receber investimento de pelo menos US$ 50 mil e mais US$ 50 mil em serviços, como infraestrutura, mentorias, treinamentos e consultorias.

Em troca, a Wayra torna-se acionista minoritária das companhias.

Entre as áreas de interesse estão:

  • computação em nuvem,
  • segurança,
  • internet das coisas,
  • big data,
  • inteligência artificial,
  • aprendizado de máquina,
  • blockchain,
  • wi-fi inteligente,
  • fintech,
  • lawtech,
  • agtech,
  • end to end (E2E),
  • mobilidade, e
  • jogos.

Investimentos

O programa de aceleração vai começar no início de 2018. Com cinco anos de atuação no Brasil, a Wayra já apoiou 64 startups e investiu R$ 10 milhões.

Mais de R$ 100 milhões foram investidos por fundos e outros investidores nas empresas da aceleradora.

A Wayra faz parte do Telefónica Open Future, programa de inovação aberta e apoio ao empreendedorismo do grupo espanhol. A iniciativa conta com uma rede de mais de 700 startups investidas em 17 países.

A Telefônica é dona da Vivo.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

'Os estudantes estão desestimulados', afirma Eve Psalti, da Microsoft / Divulgação

‘As escolas formam estudantes para as carreiras erradas’

A tecnologia é uma ferramenta importante para recuperar o interesse dos estudantes e atualizar a escola para que ela volte a cumprir o seu papel. Mas somente tecnologia não basta. Nascida na Grécia, Eve Psalti, diretora global de programas educacionais da Microsoft, participou na semana passada do evento Bett Educar, em São[…]

Leia mais »
Presidente da Abrint destaca que a internet das coisas depende da expansão da banda larga / Groman123/Creative Commons

Ampliação da banda larga depende de fundo garantidor

Levar fibra óptica aos municípios menores e mais afastados dos grandes centros não é tarefa fácil nem barata. O esforço dos provedores regionais para que isso aconteça tem contribuído para o crescimento anual de 4,79% no número de acessos fixos, totalizando cerca de 26 milhões. Apesar desse crescimento, há ainda[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami