inova.jor

inova.jor

Notebook e celular puxam retomada do setor eletroeletrônico

Faturamento da indústria eletroeletrônica voltou a crescer depois de três anos de queda / Renato Cruz/inova.jor
Faturamento da indústria eletroeletrônica voltou a crescer depois de três anos de queda / Renato Cruz/inova.jor

O faturamento da indústria eletroeletrônica brasileira registrou alta de 5% neste ano, somando R$ 136,1 bilhões. Desde 2013 o setor não registrava crescimento.

Apesar do avanço, a receita da indústria ainda está abaixo dos R$ 138,1 bilhões registrados em 2011.

A recuperação foi liderada por uma alta de 21% nas vendas de notebooks e de 17% nas de celulares.

“O crescimento veio principalmente dos bens de consumo”, afirmou o economista Luiz Cezar Rochel, da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee). “Áreas ligadas a investimento não tiveram desempenho tão interessante.”

A área de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica teve queda de 1%, enquanto a de infraestrutura de telecomunicações diminuiu 5%.

O déficit na balança comercial do setor subiu 21% neste ano, para US$ 24,1 bilhões.

Otimismo

As vendas de eletroeletrônicos devem continuar a avançar no ano que vem. “Estamos otimistas”, afirmou Humberto Barbato, presidente executivo da Abinee. “As coisas começaram a melhorar neste ano, principalmente a partir de julho.”

O crescimento de faturamento previsto para 2018 é 7%, para R$ 145,4 bilhões.

As encomendas na área de infraestrutura de telecomunicações devem se manter estáveis no próximo ano.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Maioria já sabe que é possível pagar com o celular, afirma Edlayne Altherman Burr, da Accenture / Renato Cruz/inova.jor

O que falta para a massificar os pagamentos móveis

A fase de divulgação dos sistemas de pagamentos móveis já passou. Segundo Edlayne Altherman Burr, diretora da Accenture, 56% das pessoas já sabem que dá para pagar com o celular. “Antes, a prioridade era a educação dos consumidores”, explica Burr, que participou hoje do evento Cards Payment & Identification 2017, em[…]

Leia mais »
Ford lançou no Brasil o Sync 3, sistema de conectividade com acesso ao Apple Car Play e ao Android Auto / Divulgação

Ford procura desenvolvedores de aplicativos

A Ford quer convencer desenvolvedores de aplicativos para celular a criarem soluções para o Sync 3, seu novo sistema multimídia. Hoje, a montadora anunciou que a linha Focus 2017 virá com o novo sistema. A indústria automobilística passa por uma grande transformação, que passa pelo carro conectado e os aplicativos de[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami