inova.jor

inova.jor

Brasileiros preferem biometria a senhas

Biometria: A Visa lançou em 2017, com o Banco Neon, autenticação por selfie e digital / Divulgação
A Visa lançou em 2017, com o Banco Neon, autenticação por selfie e digital / Divulgação

Pesquisa da Visa, em parceria com a AYTM Market Research, apontou que 89% dos brasileiros consideram a biometria mais fácil de usar do que senhas.

Os entrevistados no Brasil também apontam tecnologias biométricas como mais rápidas (85%). A biometria inclui impressão digital, voz, reconhecimento facial e digitalização ocular.

Seis em cada dez brasileiros usam leitura de impressão digital regularmente.

Quarenta e oito por cento consideram a biometria mais segura que senhas, enquanto 46% acreditam que a tecnologia pode ajudar a eliminar a necessidade lembrar várias senhas.

A pesquisa apontou que 98% estão interessados em usar pelo menos uma tecnologia biométrica para verificar sua identidade. O mesmo percentual também quer utilizar pelo menos um método biométrico em pagamentos.

Impressão digital

As principais tecnologias que os entrevistados têm interesse em utilizar são:

  • leitura de impressão digital (63%);
  • escaneamento ocular (42%); e
  • reconhecimento facial (41%).

A impressão digital também é o método percebido como mais seguro e confortável pelos consumidores.

Os entrevistados consideram o banco a instituição mais confiável para armazenar seus dados biométricos (71%), seguido da empresa de tecnologia de pagamento eletrônico (49%).

No ano passado, a Visa lançou no Brasil, com o Banco Neon, um serviço de identificação por selfie e digital.

A pesquisa ouviu mais de 10 mil pessoas em 17 países.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Principal fonte dos ataques foi o próprio Brasil, segundo relatório / Renato Cruz/inova.jor

Brasil registra 30 ataques de negação de serviço por hora

No ano passado, foram registrados 264,9 mil ataques de negação de serviço (DDoS, na sigla em inglês) dirigidos ao Brasil. A informação consta do 13º Relatório Anual sobre Segurança da Infraestrutura Global de Redes (WISR, na sigla em inglês), da Netscout Arbor. Nesse tipo de ataque, o criminoso domina um número[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami