inova.jor

inova.jor

Edital de Inovação e Shell têm R$ 2,5 milhões para projetos

Shell e Edital da Inovação vão selecionar até três projetos / Divulgação
Shell e Edital de Inovação vão selecionar até três projetos / Divulgação

A Shell do Brasil e o Edital de Inovação para a Indústria selecionam projetos inovadores do setor de óleo e gás.  Startups, micro e pequenas empresas e microempreendedores individuais podem se inscrever até 30 de abril.

São R$ 2,5 milhões para serem investidos em projetos de monitoramento, controle e análise de big data das operações em campos de petróleo.

A primeira fase vai escolher 20 projetos, e os empreendedores receberão treinamento do Sebrae para a fase final.

Em 21 de junho, no Rio de Janeiro, os selecionados vão defender presencialmente seu projeto, em inglês, para um banca de especialistas globais da Shell e dos Institutos Senai de Inovação.

Até três projetos tecnológicos vão receber até 830 mil.

Desenvolvimento

Durante 12 meses, as ideias serão desenvolvidas até o estágio de prova de conceito na rede de Institutos Senai de Inovação.

Depois desse prazo, a Shell vai decidir se incluirá os projetos na sua carteira de tecnologia para desenvolvimento futuro.

Edital de Inovação para a Indústria é uma iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e do Serviço Social da Indústria (Sesi).

A chamada faz parte do programa Shell Startup Challenge Brasil.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Consultoria premia empreendedores da saúde

Empreendedores com projetos para melhorias na área de saúde podem concorrer a R$ 50 mil e ao auxílio de especialistas para levar a ideia ao mercado. Promovido pela consultoria Everis, o Prêmio Empreenda Saúde está na segunda edição, com inscrições até 29 de agosto. Os interessados devem preencher uma ficha de inscrição[…]

Leia mais »
O evento MAX 2017 discute, em Belo Horizonte, os rumos da economia criativa / Renato Cruz/inova.jor

Economia criativa cresce acima da média mundial no Brasil

BELO HORIZONTE O mercado de cultural brasileiro tem expectativa de crescimento acima da média mundial nos próximos anos. Segundo Luciane Gorgulho, chefe do Departamento de Economia da Cultura do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o setor movimentou US$ 47 bilhões no País em 2015. “Somente o setor[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami