inova.jor

inova.jor

Boehringer Ingelheim oferece moléculas a pesquisadores

A Boehringer Ingelheim quer acelerar a pesquisa científica para descoberta de novos medicamentos e tratamentos / Skolkovo Foundation
A Boehringer Ingelheim quer acelerar a descoberta de novos medicamentos e tratamentos / Skolkovo Foundation

A Boehringer Ingelheim lançou a plataforma opnME.com, em que oferece acesso a moléculas pré-clínicas para cientistas ao redor do mundo.

A iniciativa de inovação aberta tem por objetivo acelerar a pesquisa científica para descoberta de novos medicamentos e tratamentos.

As moléculas disponíveis na plataforma são divididas em dois grupos:

  • A maior parte não necessita de discussões sobre propriedade, e estão disponíveis a partir de um simples sistema de compras online.
  • Para algumas moléculas, há a opção de crowdsourcing, com pesquisa compartilhada. Nesse caso, o cientista envia seu projeto de pesquisa que, caso seja aprovado, será desenvolvido com participação de cientistas da Boehringer.

Inovação aberta

Outras iniciativas de inovação aberta da Boehringer são:

  • o Research Beyond Borders (Pesquisa Sem Fronteiras), projeto em que a empresa estabelece parcerias globais em pesquisas e tecnologias emergentes, e
  • o Fundo de Risco Boehringer Ingelheim.

Sediada na Alemanha, a Boehringer Ingelheim está entre as 20 principais farmacêuticas do mundo. No Brasil, tem escritórios em São Paulo e Campinas e fábricas em Itapecerica da Serra e Paulínia.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Competição da Airbus seleciona propostas sobre o futuro da aviação / Department for Innovation, Business and Skills/Creative Commons

Brasileiros participam de competição da Airbus

Universitários brasileiros estão entre os 202 estudantes escolhidos para participar da competição global Fly Your Ideas, da Airbus em parceria com a Unesco. A competição pretende apresentar soluções para o futuro da aviação. A primeira fase da competição aconteceu em quatro cidades-sedes da Airbus localizados na Alemanha, França, Espanha e[…]

Leia mais »
Foi lançado na USP o livro 'Automação & Sociedade: Quarta Revolução Industrial, um olhar para o Brasil' / Renato Cruz/inova.jor

Indústria 4.0: ‘Brasil subestima impacto da economia digital’

Os impactos da economia digital foram um tema importante para os chefes de Estado que participaram neste ano do Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça. O economista Octavio de Barros, cofundador da Quantum4, acompanhou o evento. Segundo ele, representantes das 10 principais economias do mundo dedicaram mais da metade[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami