inova.jor

inova.jor

Pint of Science leva ciência aos bares em maio

São Carlos (SP) é uma das cidades que recebe o Pint of Science / Divulgação
São Carlos (SP) é uma das cidades que recebe o Pint of Science / Divulgação

De 14 a 16 de maio, será realizado o festival Pint of Science, em 56 cidades brasileiras. A expectativa é que 50 mil pessoas reúnam-se em mesas de bar para falar de ciência.

Além do Brasil, o festival deve receber pesquisadores de mais 20 países. O objetivo é aproximar cientistas e sociedade.

A lista de cidades já estão disponível no site do evento. A partir da segunda quinzena deste mês, deve ser divulgada a programação de cada cidade.

Eventos gratuitos

O Pint of Science é gratuito. As pessoas pagam somente o que consumirem nos estabelecimentos. Também não existem inscrições ou emissão de certificados.

A ideia é que os pesquisadores conversem e respondam perguntas sem formalidade.

A primeira edição brasileira foi realizada em 2015. O Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), da Universidade de São Paulo, em São Carlos, trouxe o formato da Inglaterra.

Em 2017, foram 22 cidades. Neste ano, pela primeira vez, municípios da Região Norte vão participar do evento.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Pesquisa mostra que 69% das pessoas não imaginam como viver sem internet / ajari/Creative Commons

O avanço tecnológico destrói vidas? Muita gente acha que sim

Hendrik van Loon é um escritor que anda meio esquecido. Seu livro História das invenções: o homem, fazedor de milagres foi publicado em 1934 nos Estados Unidos, e saiu por aqui na década seguinte, pela Editora Brasiliense. O historiador holandês expôs nesse livro uma ideia poderosa, que foi adotada mais tarde[…]

Leia mais »
Maioria dos estudantes online busca melhoras na carreira / Mary Smith/Creative Commons

Você está preparado para o fim da sala de aula?

A educação passa por uma transformação acelerada, trazida pela tecnologia. Além dos cursos à distância oferecidos diretamente pelas próprias instituições de ensino, plataformas como Khan Academy e Coursera ajudam a democratizar o conhecimento, levando cursos a um público que não tem tempo para aulas presenciais ou que mora longe dos locais que oferecem ensino[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami