inova.jor

inova.jor

Instituto TIM procura projetos inovadores de estudantes

Instituto TIM: Os estudantes selecionados vão participar de uma feira de investimentos no fim do ano / Divulgação
Os estudantes selecionados vão participar de uma feira de investimentos no fim do ano / Divulgação

A quarta edição do Academic Working Capital (AWC), do Instituto TIM, seleciona projetos inovadores de universitários.

O programa oferece apoio financeiro, técnico e de negócios para estudantes em fase final de graduação, cujos trabalhos de conclusão de curso (TCCs) proponham soluções tecnológicas ou de inovação.

As inscrições vão de 22 a 30 de abril. Os interessados já podem se cadastrar no site do programa.

Os grupos podem ter de dois a quatro participantes, com mais de 18 anos, de qualquer área de graduação. Pelo menos um deve estar na fase final do TCC.

Podem se inscrever alunos matriculados em universidades de São Paulo, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Distrito Federal.

Feira de investimentos

Os selecionados vão receber orientação técnica e de negócios, participar de workshops e ser acompanhados semanalmente por monitores do AWC.

No fim do ano, os empreendedores poderão participar de uma feira de investimentos, para apresentar suas soluções a profissionais do mercado e investidores.

Nas edições anteriores, o AWC apoiou o desenvolvimento de cerca de 80 projetos inovadores.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

A Biva quer promover o encontro entre quem quer crédito e quem tem dinheiro pra investir / Biblioteca Juan San Martin/Creative Commons

Fintech brasileira Biva aposta em crédito estudantil

Em épocas de crise, o crédito fica mais caro para quem precisa usar no próprio negócio. De outro lado, investidores ficam receosos em investir seu dinheiro em negócios promissores. Pensando neste mercado, a fintech brasileira Biva quer ser o meio de campo de quem tem dinheiro para investir e de[…]

Leia mais »
Drones: A startup catarinense Horus Aeronaves prevê crescimento de 500% este ano / Divulgação

Drones brasileiros ganham os céus

O Brasil também fabrica drones. Startups brasileiras do setor preveem forte crescimento das vendas, mesmo com um cenário de retração econômica. O mercado deve movimentar R$ 200 milhões neste ano. Até quinta-feira, acontece em São Paulo a segunda edição do DroneShow, com participação de empresários, startups e investidores. O evento deve ser[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami