inova.jor

inova.jor

Liga AutoTech seleciona startups para aceleração

A Liga Ventures vai selecionar de quatro a oito startups / Joeke-Remkus de Vries/Creative Commons
A Liga Ventures vai selecionar de quatro a oito startups / Joeke-Remkus de Vries/Creative Commons

A Liga Ventures está com inscrições abertas para o terceiro ciclo de aceleração da Liga AutoTech. Voltado a projetos para o setor automobilístico, o programa tem como parceiros Webmotors e Mercedes-Benz.

O prazo termina em 29 de abril.

Serão escolhidas de quatro a oito startups, que atuem em:

  • gestão e serviços para frotas,
  • varejo,
  • pré e pós-vendas,
  • logística,
  • big data e analytics,
  • telemetria,
  • rastreamento, e
  • pagamentos móveis.

Mentoria

Com duração de quatro meses, o programa vai explorar oportunidades de negócios entre as grandes empresas participantes e as startups.

Além disso, as selecionadas terão acesso a mentoria com executivos do setor e com a rede de mentores da aceleradora.

As aceleradas não precisam oferecer participação societária ou propriedade intelectual como contrapartida.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Aplicativo: Omar Pavel (de pé) criou mais de 40 aplicativos / Renato Cruz/inova.jor

Como fazer um aplicativo de sucesso

O programador Omar Pavel, presidente da Interactive Media Dream (IMD), é especialista em aplicativos. Desde 2009, desenvolveu mais de 40 deles. O mais recente foi criado para a fintech HugPay, que permite a emissão de cartões virtuais. A cada transação, o usuário gera um número de cartão que pode ser[…]

Leia mais »
Avanços tecnológicos moldam novas relações entre órgãos de segurança e a sociedade como um todo / André Gustavo Stumpf/Creative Commons

Como a tecnologia pode auxiliar no combate ao crime organizado

O ano de 2017 iniciou com uma grave crise no sistema prisional brasileiro, com rebeliões em diversos Estados do País. As graves consequências desse cenário e a perplexidade com que fomos impactados nos fazem questionar o que poderia mitigar a situação de risco das prisões. A crise no sistema penitenciário[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami