inova.jor

inova.jor

Natura seleciona startups para aceleração

Programa de aceleração da Natura vai selecionar até cinco startups / Divulgação
Programa de aceleração da Natura vai selecionar até cinco startups / Divulgação

A Natura seleciona startups para seu programa de aceleração, em parceria com o Cesar. As inscrições podem ser feitas até 31 de maio.

A iniciativa faz parte do Programa Natura Startups, lançado em 2016 para fomentar a cultura inovadora na empresa e incentivar o empreendedorismo e o ecossistema de startups relacionado à companhia.

As startups interessadas precisam propor soluções para os seguintes desafios estratégicos da Natura:

  • Como transferir boas práticas de vendas de uma parte para o todo?
  • Como ter uma visão individualizada das necessidades e interações de cada ator do ecossistema da empresa, possibilitando a oferta de produtos, serviços e conteúdos de maneira personalizada?
  • Como instrumentalizar as consultoras de beleza, por meio de informações relevantes de diagnóstico dos consumidores e de seus ambientes, permitindo a recomendação de produtos de forma personalizada?

Investimento

As empresas pré-selecionadas serão analisadas por um comitê de investimentos, em parceria com o Cesar.Labs (programa de aceleração do Cesar), para identificar a necessidade de aporte financeiro, juntamente com investidores-anjo.

O programa de aceleração tem duração de nove meses. Serão selecionadas até cinco startups, que vão receber:

  • investimento total de até R$ 100 mil por empresa;
  • mentorias com executivos da Natura e do Cesar.Labs;
  • suporte de infraestrutura, gestão e serviços de mais de R$ 500 mil.

 

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Mesa redonda discute infraestrutura de TI sob demanda / Tiago Queiroz/inova.jor

Como está o mercado de infraestrutura de TI sob demanda

Mesa redonda discute infraestrutura de TI sob demanda / Tiago Queiroz/inova.jor O modelo de infraestrutura de tecnologia da informação (TI) sob demanda já está consolidado, mas ainda é preciso romper algumas barreiras e avaliar as melhores formas de adotar soluções de nuvem em cada empresa. Sistemas híbridos, que combinam nuvem[…]

Leia mais »
Amos Genish, da Vivo, diz que empresas precisam ser mais inovadoras

‘Brasil precisa criar centros tecnológicos’, diz presidente da Vivo

“O Brasil precisa criar centros tecnológicos aqui”, afirmou ontem Amos Genish, presidente da Vivo, durante a inauguração da nova sede da Wayra, aceleradora de startups do grupo espanhol. “Para saírem da crise, as empresas brasileiras precisam inovar mais, para se tornarem mais competitivas.” Segundo Genish, não falta competência aos profissionais[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami