inova.jor

inova.jor

Afro Hub apoia iniciativas de empreendedores negros

O programa Afro Hub vai selecionar 10 empreendedores negros para seu processo de pré-aceleração / Divulgação
O programa Afro Hub vai selecionar 10 empreendedores negros para seu processo de pré-aceleração / Divulgação

Foi anunciado ontem (30/5) o lançamento do Afro Hub, um programa que tem por objetivo apoiar empresas tecnológicas de empreendedores negros.

O programa é uma iniciativa da Feira Preta, Afro Business e Diaspora.Black, com apoio do Facebook. Neste ano, completam-se 130 anos da abolição da escravatura no Brasil.

A partir de dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Instituto Locomotiva descobriu que existem mais de 5,8 milhões de empreendedores negros com acesso à internet no país.

Eles movimentam cerca de R$ 219,3 bilhões por ano. Segundo o Sebrae, afroempreendedores estão à frente de 51% das empresas brasileiras.

Pré-aceleração

O Afro Hub vai selecionar 10 empreendedores que passarão por um processo de pré-aceleração e treinamento em ferramentas do Facebook e do Instagram, além de receber mentorias de especialistas, entre junho e setembro.

Além disso, de junho a novembro, o Afro Hub vai oferecer para centenas de empreendedores, na Estação Hack, em São Paulo, eventos gratuitos organizados Feira Preta, Afro Business e Diaspora.Black.

Em novembro, serão realizados workshops gratuitos para empreendedores negros em diversas capitais, como Salvador, Rio de Janeiro e São Luís, sobre o uso das redes sociais para alavancar negócios.

Com apoio do Facebook, o Afro Hub é uma iniciativa da Feira Preta, Afro Business e Diaspora.Black / Divulgação
Com apoio do Facebook, o Afro Hub é uma iniciativa da Feira Preta, Afro Business e Diaspora.Black / Divulgação

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Vinte e quatro startups brasileiras já participaram do Google Launchpad Accelerator / Divulgação

Google seleciona startups para acelerar no Vale do Silício

O Google abriu inscrições para a quinta edição de seu programa de aceleração de startups, chamado Launchpad Accelerator. O prazo termina em 2 de outubro, às 13h (horário de Brasília). Podem se inscrever empresas iniciantes de tecnologia de países emergentes. Nas edições anteriores, participaram startups de 17 países, incluindo o[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami