inova.jor

inova.jor

Vedacit busca startups de construção civil

Startups de construção podem se inscrever no programa de aceleração da Vedacit / Divulgação
Startups de construção podem se inscrever no programa de aceleração da Vedacit / Divulgação

O Vedacit Labs abriu inscrições para o primeiro ciclo de seu programa de de aceleração de startups.

Os interessados podem se inscrever no site da aceleradora até 11 de novembro.

Serão selecionadas cinco startups, e cada uma receberá:

  • investimento de R$ 100 mil;
  • seis meses de residência no WeWork em São Paulo;
  • quatro meses de aceleração em parceria com a Liga Ventures; e 
  • incentivo para geração de negócios no segmento de construção civil.

Inovação aberta

O Vedacit Labs é o programa de inovação aberta da Vedacit, o primeiro do mercado de impermeabilização.

O programa busca projetos nas áreas de:

  • digital, como sensores de internet das coisas, inteligência digital e plataformas para a capacitação de pedreiros, aplicadores, faça você mesmo, indicação de profissionais ou serviços para diagnóstico, gestão e monitoramento em obras; e
  • impermeabilização, como soluções para sistemas de captura e reuso de água, serviços para habitações na baixa renda e para a melhoria dos processos construtivos.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Edital da Finep inclui startups com soluções para cidades inteligentes / Renato Cruz/inova.jor

Finep seleciona startups para investimento

A Finep está com inscrições abertas para a segunda rodada do edital de 2018 do programa Finep Startup. Os interessados podem se inscrever até o dia 28 de fevereiro no site do edital. A financiadora planeja selecionar 30 empresas que já tenham produto mínimo viável (MVP, na sigla em inglês),[…]

Leia mais »
Os óculos inteligentes Vue parecem normais, mas são equipados com fone, microfone e sensores de movimento / Divulgação

Óculos inteligentes podem ser bem diferentes do Google Glass

O Google Glass foi um projeto que não deu certo. As pessoas ao redor do usuário ficavam incomodadas com a câmera e a bateria durava pouco. A tecnologia de realidade aumentada, que sobrepunha imagens digitais ao ambiente físico, foi considerada insegura pelas autoridades de trânsito. Os usuários do Google Glass[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami