inova.jor

inova.jor

Como está a competição na banda larga

A Teleco apresentou estudo sobre banda larga no Seminário TelComp / Renato Cruz/inova.jor
A Teleco apresentou estudo sobre banda larga no Seminário TelComp / Renato Cruz/inova.jor 

De janeiro a setembro, as operadoras competitivas foram responsáveis por 87,5% dos novos acessos à banda larga fixa no Brasil.

Segundo Eduardo Tude, presidente da consultoria Teleco, essa participação seria ainda maior se todas as prestadoras reportassem regularmente seus acessos para a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Existem 7,2 mil operadoras com licença de Serviço de Comunicação Multimídia (SCM). Do total, 5 mil reportaram acessos à agência em setembro.

Em dezembro de 2017, 627 operadoras informaram ter 359 mil acessos à Anatel. Essas empresas não prestaram informações em setembro deste ano.

Tude participou do XI Seminário TelComp 2018, em 13 de novembro.

Participação de mercado

As operadoras competitivas não incluem a Oi, Telefônica Vivo e Claro/NET.

Nenhuma delas tem participação de mercado maior do que 2%, sendo que 97,8% possuem menos de 5 mil acessos de banda larga.

Somadas, devem terminar em segundo lugar de participação, atrás somente da Claro/NET.  

No ano passado, ficaram com 23% da receita de banda larga fixa, o que correspondeu a R$ 6,6 bilhões.

As operadoras competitivas contam com 350 mil quilômetros de redes ópticas, com abrangência equivalente às três grandes.

A participação das operadoras competitivas no mercado de banda larga / Teleco

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

Oi lança aplicativo que permite troca de minutos e dados / Mariana Lima / inova.jor

Operadoras apostam em aplicativos para transformação digital

A transformação digital é considerada fundamental para a competitividade de empresas em diferentes setores da economia. Em mercados mais tradicionais, como telecomunicações e finanças, tornar-se totalmente digital tende a ser ainda mais complicado. A Zup é uma das empresas que oferecem soluções para que operadoras de telecomunicações e bancos deem os primeiros[…]

Leia mais »
O iPhone 8 e iPhone 8 Plus, da Apple, começaram a chegar ao mercado em setembro / Divulgação

iPhone 7 foi o smartphone mais vendido no 3.º trimestre

O iPhone 7 foi o smartphone mais vendido do mundo no terceiro trimestre, com 13 milhões de unidades comercializadas, segundo a consultoria Canalys. Em segundo lugar, ficou outro produto da Apple, o iPhone 6s, com 7,9 milhões de unidades. As vendas totais de smartphones subiram 5,5% no trimestre, somando 375,9[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bitnami